Terapia Ocupacional

ATIVIDADES DE VIDA DIÁRIA

“As atividades de vida diária (AVD) são as tarefas de desempenho ocupacional que o indivíduo realiza diariamente. Não se resume somente aos autocuidados de vestir-se, alimentar-se, arrumar-se, tomar banho, e pentear-se, mas engloba também as habilidades de usar telefone, escrever, manipular livros, etc, além da capacidade de virar-se na cama, sentar-se, mover-se e transferir-se de um lugar a outro.” (Trombly, 1989).

“A Terapia Ocupacional tem como objetivo proporcionar ao indivíduo, de acordo com suas necessidades, potencialidades e possibilidades socioeconômicas, o maior grau de independência possível nesse sentido, utilizando, para tanto, recursos como adaptações e manobras que, por facilitarem o potencial remanescente do indivíduo, propiciam o processo de independência.”

Muitos são os fatores que concorrem no sentido de fornecer ao indivíduo as condições mínimas necessárias para que ele possa desenvolver as AVD de uma maneira plena:

1) a perfeita capacidade de mobilidade articular;

2) a coordenação motora fina e grosseira devem estar desenvolvidas, bem como a percepção, tato e visão;

3) o sentido cinestésico ou percepção sensorial dos segmentos corporais devem estar instalados.

“No caso da criança portadora de deficiência, a execução destas tarefas depende também de condições mínimas necessárias como um bom planejamento motor, envolvendo noções do próprio corpo, de seus movimentos no espaço, do tempo (ritmo e sequência) e noção espacial. A coordenação viso-motora, capacidade cognitiva e iniciativa também são componentes das tarefas cotidianas automáticas e impossivelmente fragmentáveis durante a execução. “

“O terapeuta ocupacional tem como finalidade desenvolver e manter a função e as habilidades necessárias para o desempenho de atividades, prevenir distúrbios do desenvolvimento, principalmente no que se refere às atividades funcionais, remediar ou (re) habilitar disfunções que impeçam o desenvolvimento favorável nas atividades, facilitar a capacidade adaptativa da criança, colaborar e cooperar com a criança para alcançar seus objetivos.”

As Atividades de Vida Diária subdividem-se em quatro grupos:

1- Mobilidade (na cama, na cadeira, transferências e deambulação)

2- Cuidados pessoais (alimentação, higiene básica, higiene elementar, vestir-se e arrumar-se)

3- Comunicação (escrever, telefonar, digitar e utilizar o computador)

4- Ferramentas de controle do meio ambiente (manusear chaves, portas, janelas e torneiras)


“A família é um elemento essencial neste processo, levando ao terapeuta ocupacional informações a respeito do cotidiano do paciente e dando continuidade ao tratamento, onde de fato, acontece as AVD, proporcionando assim, maior qualidade de vida a esta criança.”

FONTE:

http://terapiaocupacionalatividades.blogspot.com/2010/05/atividades-de-vida-diaria.html


21/10/2019