Psicologia

Hiperatividade x Agitação: Como identificar a diferença?

Quem nunca se deparou com uma criança que corre pra lá pra cá e não para um minuto? Não é incomum, com a permanência do comportamento agitado nas crianças, ouvir de alguém que se trata de um hiperativo, mas o que é isso?

Para a surpresa da alguns, há uma diferenciação entre hiperatividade e agitação que pode ser sim difícil de estabelecer. Então como diferenciar uma agitação normal para uma agitação que atrapalha e prejudica a vida de uma pessoa? O TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção com Hiperatividade) explica esse fato.

A hiperatividade, sintoma do TDAH, é uma atividade motora excessiva quando comparada com crianças/ pessoas que vivem no mesmo ambiente.

Geralmente há uma dificuldade para manter o ritmo, a persistência, controle dos seus movimentos e ações.

Neste contexto, o que deve-se levar em conta é se a pessoa comporta-se assim todo o tempo e em todos os contextos (escola, família, trabalho, relacionamentos).

Já no caso de uma simples agitação, ela pode se dar apenas em um contexto, temporariamente ou por exigência do ambiente ou tipo de trabalho, mas quando isso cessa, ela é capaz de voltar a um ritmo considerado normal para os padrões comuns

Impactos negativos da falta de diagnóstico e tratamento da hiperatividade:

Adultos com TDAH tem:

• Maior número de acidentes

• Multas de carro

• Perda de emprego

• Divórcios

• Maior risco de uso de álcool e drogas

• Tendência a cometer atos infracionários

• Abandono escolar

• Baixa autoestima e autoconfiança

Dicas para diferenciar a hiperatividade da agitação

HIPERATIVIDADE:

1. Apresentar dificuldades em terminar tarefas ou projetos

2. Distrair-se facilmente por coisas sem importância.

3. Apresentar problemas de ansiedade e concentração

4. Problemas com organização, planejamento e disciplina

5. Em geral tem inteligência acima da média mais com resultados medíocres no trabalho ou faculdade

6. Apresenta impulsividade, inquietude mental e no corpo (balançar as pernas, pés ou mãos)

7. Tem em geral noção de quando errou e se arrepende.

8. Dificuldade para dormir, mas quando dorme, pode ter dificuldade para acordar

9. Falta de cuidado com as palavras

Quando o comportamento é agitado ou inquieto não existe patologia alguma. É um comportamento normal. Veja abaixo:

AGITAÇÃO:

1. Comportamento que se dá como consequência de descobrir ou explorar seu ambiente

2. Quando algo lhe interessa, presta a atenção.

3. A criança se distrai quando algo não lhe motiva o suficiente.

4. É alegre e tem vitalidade.

5. Quando é travesso não implica ser violento.

6. Relaciona-se bem socialmente.

7. Ainda que desobedeça, a criança conhece onde estão os limites de comportamento.

Tratamento

Os sintomas do TDAH podem ser de fácil percepção e o diagnóstico é clínico, através de uma boa anamnese. Existem outros exames que podem confirmar o diagnóstico, mas um profissional experiente poderá ser o suficiente.

Geralmente Psicólogos, Psiquiatras, neuropediatras e neurologistas estão envolvidos nesse processo. No entanto, profissionais de outras áreas também são imprescindíveis para reforçar o tratamento: psicopedagogos, neuropsicólogos, fonoaudiólogos, entre outros.

FONTE:

https://www.psicologiaviva.com.br › blog › hiperatividade-agitacao

14/10/2019